A DUPLA

Tudo começou nos festivais de música onde eles se conheceram. O gosto pela música romântica foi o que uniu os dois jovens e a combinação deu tão certo, que em pouco tempo a dupla começou a perceber o reconhecimento do público.

Revelados para o Brasil no programa Raul Gil e no programa Eliana no SBT, a dupla conta com três trabalhos próprios lançados:

 EP Às Vezes é Tarde

Fizeram parte deste EP os singles “Às Vezes é Tarde” e “Não Finja Que Não Me Viu”, os quais permaneceram por diversas semanas entre as músicas mais pedidas nas rádios do Sul do país.

 CD Samuel & Greice Vol.1

Neste álbum a dupla mostrou que não há limites para a criatividade. Com uma diversidade de ritmos, o CD contou com músicas no estilo pop sertanejo; canções românticas; outras em ritmos regionais (como a vaneira gaúcha, bandas do sul, e o brega); e também no estilo sertanejo raiz com a regravação do sucesso “Porta Encostada”. Entre as inéditas, os destaques foram “Estoy Partiendo” (na qual o duo surpreendeu a todos soltando a voz em castelhano); “Aquele Que Sou Eu”; “Vida do Meu Coração” e “Eu Quero Ver”.

EP Amor e Sonhos – Lançamento!

Com determinação e ousadia, Samuel & Greice vivem uma nova fase na carreira. Visual repaginado, e estilo musical bastante versátil, a dupla lançou em 2014 seu mais recente trabalho, o EP “Amor e Sonhos”.

A primeira canção do EP a se tornar conhecida pelo público foi “Jogo do Amor”. Com estilo romântico e uma pegada pop rock anos 80, teve seu videoclipe gravado em um bar com características de um bar inglês, e com elementos que remetem ao estilo retrô.

Já a segunda canção lançada, “Meu País”, mostra um lado mais intimista da dupla. Com figurino que faz referência às cores da bandeira do Brasil, a dupla tocou e cantou de costas um para outro, em cenas que deixam a letra da música falar por si mesma no palco de um teatro vazio. O posicionamento e o cenário escolhidos chamam a atenção para o fato de estarem levando através da música, uma mensagem a qual não está sendo ouvida, e a letra é justamente esse grito para que as coisas mudem.

O EP conta com regravações e também composições inéditas da dupla, novamente destacando-se pela versatilidade e variedade rítmica, trazendo a influência de ritmos latinos nas músicas “Como Esquecer Esse Amor”, “Diga Que Sim”, “Amores Que Vão e Vem”, e na romântica e requintada “Lembra de Mim”.

Além de dividirem a vida pessoal e os palcos, Samuel & Greice também cursaram juntos a mesma faculdade, e ambos são formados em Jornalismo.

Atualmente, a dupla já prepara seu novo álbum, compondo, produzindo e selecionando o repertório, prometendo muitas novidades para os próximos meses.

Com uma carreira marcada por grandes conquistas, a dupla segue com o propósito de levar o seu show para muitas cidades brasileiras, seja em exposições, feiras, aniversários de municípios, festas em casas de shows ou em festas particulares e eventos corporativos.

 

SAMUEL ADAUTO VASCOTO

Samuel desde pequeno mostrou forte aptidão para a música. O menino de jeito alegre e espontâneo começou a cantar aos sete anos e aos nove ganhou seu primeiro instrumento musical, um teclado, presente dos pais que já percebiam a vocação do filho.

Na adolescência, Samuel tocou diversos instrumentos, e aos 14 anos encontrou seu companheiro inseparável, o violão. Com ele, Samuel participou de festivais da canção e se apresentou em teatros, festas e eventos, além de realizar pequenos shows.

O talento e a versatilidade do músico fizeram com que diversos programas de televisão regionais o convidassem para participações especiais, e a cada aparição, o modo diferenciado de interpretar as canções, aliados ao perfil comunicativo de Samuel, chamavam a atenção do público.

Em 2003, a música encarregou-se de marcar o encontro entre Samuel & Greice, um momento especial que daria novos rumos à vida de Samuel.

 

GREICE LUANE SIMON

Desde menina, Greice Luane foi encantada pela magia da música. Gostava de ouvir seus discos, cantava em frente ao espelho e aos oito anos entrou para o coral da escola em que estudava. No ano seguinte, ela ganhou um teclado dos pais e aos dez anos participou do seu primeiro festival da canção.

 Durante a adolescência, suas atenções eram divididas entre os estudos, a dança, o esporte, e a música. Aos poucos o canto passou a ser a grande paixão de Greice. Foram muitas apresentações na escola, eventos culturais, homenagens e participações em festivais de música popular brasileira.

A partir dos 13 anos, começaram a surgir os primeiros convites para se apresentar nos canais de televisão locais. Diante das câmeras, a jovem cantora de ar tímido sempre surpreendia com sua bela voz.

Em 2003, aconteceu o que parecia já estar escrito. Os desígnios da vida propiciaram o encontro entre Samuel & Greice marcando o início de uma história de amor, companheirismo e muita música!